#NãoVaiTerMoradia

Mais de 250 mil pessoas foram removidas ou ameaçadas de remoção de suas casas por conta das obras para a Copa, sem as devidas indenizações. Negativa de regularização fundiária, despejos violentos, truculência por parte da PM e do poder municipal, chantagens e pressão psicológica são algumas das artimanhas usadas para obrigas as família a saírem de terremos que ocupavam há décados e dar lugar a empreendimentos da Copa.

De quem são nossas cidades? Para quem será o legado da Copa?

Curta e compartilhe nossa campanha nas redes sociais.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s